«Sombras» estreia a 18 de Novembro

sexta, 05 novembro 2010

O Teatro Nacional São João (TNSJ), no Porto, acolhe de 18 a 28 de Novembro a estreia da peça «Sombras - A nossa tristeza é uma imensa alegria», de Ricardo Pais.
Trata-se de «uma espécie de paisagem cénica insólita» à volta de alguns dos grandes textos portugueses que Ricardo Pais visitou ao longo dos últimos anos, segundo o teatro.

 

São abordados temas da «chamada mitologia portuguesa» – «a passagem do tempo, o regresso de um Rei Encoberto, a timidez em enfrentar o seu próprio retrato – tem no fado o seu coração sofrido e no fandango a sua cavalgada eufórica».

Sobem ao palco José Manuel Barreto, Raquel Tavares (fadistas); Emília Silvestre, Pedro Almendra, Pedro Frias (actores); Carla Ribeiro, Francisco Rousseau, Mário Franco (bailarinos); Mário Laginha, Carlos Piçarra Alves, Mário Franco, Miguel Amaral, Paulo Faria de Carvalho ou Diogo Clemente (músicos); e ainda Albano Jerónimo, António Durães, João Reis e Teresa Madruga.

A obra conta com direcção musical (e música original) de Mário Laginha e coreografias de Paulo Ribeiro.

Depois da estreia no Porto, o espectáculo terá apresentações em Lisboa, Guimarães, Aveiro, Açores, Portimão e Viseu, antes de rumar a Paris (Abril) e São Paulo, Brasil (Junho).